18 C
São Paulo
terça-feira, junho 18, 2024

Quais os benefícios em contratar um arquiteto

“Projetos prontos não levam em consideração um dos

principais aspectos da arquitetura”, afirma profissional.

Com a internet e as novas tecnologias, surgiram novas opções de mercado para quem está pensando em construir o seu sonho. Uma delas é a aquisição de projetos de arquitetura prontos. Porém, o que pode ser uma solução rápida, não é vista com bons olhos pela arquiteta e geobióloga Juliana Colleone.

“Projetos prontos oferecidos por várias empresas na internet, na minha opinião, não levam em consideração um dos principais aspectos da arquitetura, que é adequar as necessidades do cliente, seu cotidiano, hábitos à construção no terreno pensando principalmente na orientação solar”, afirma.

Na opinião da profissional, o grande problema em encontrar uma planta pronta e replicá-la, mesmo que ela se encaixe nas necessidades do cliente, é que cada terreno é único, com sua especificidade, com entorno, bairro e orientação solar diferentes.

“Saber onde o sol nasce e morre é um dos aspectos básicos de uma boa arquitetura, para podermos distribuir os cômodos de uma maneira que eles permitam a entrada da luz solar de maneira equilibrada e saudável, sem que um quarto fique muito quente no verão por estar voltado para o Oeste ou que nunca entre o sol por estar orientado, no nosso hemisfério, ao Sul”, explica.

“São condições que, quando esquecidas, terão como resultado construções desequilibradas, por serem muito frias ou muito quentes, o que afetará o bem estar do morador ao longo dos anos”, diz Juliana.

INFLUÊNCIAS ENERGÉTICAS – Além das condições de conforto ambiental da construção, existem também, segundo a arquiteta e geobióloga, as influências energéticas por questões telúricas (que vem da Terra) como veios de água, falhas geológicas e linhas magnéticas da Terra.

“Se não há um estudo anterior do terreno com a radiestesia e a Geobiologia antes de se projetar para ver se existe alguma dessas influências no local, podemos colocar os quartos, ambiente em que passamos em média oito horas ao dormir, sobre um veio de água por exemplo, e com isso prejudicar a saúde e bem estar do morador”, diz

“Não podemos esquecer que cada pessoa é única, com gosto, estilo de vida diferente uma das outras, assim como os terrenos também são únicos. Ter projetos prontos como referência do que se gosta é uma coisa, agora replicar sem considerar esses aspectos essenciais para uma construção minimamente saudável, é outra”, completa Juliana Colleone.

 

PROFISSIONAL

Juliana Colleone

Arquiteta e Geobióloga

(19) 99201-2097

[email protected]

http://jucolleone.wixsite.com/geobiologia

 

Compartilhar:

Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Artigos relacionados

Stay Connected

0FãsCurtir
3,913SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever
- Advertisement -spot_img

Artigos Mais Recentes