Não basta comprar o terreno e ter todos os projetos. Antes de iniciar a construção da casa é necessário fazer a preparação do terreno para receber a obra.

Neste post explicaremos tudo que você precisa saber dividido nos seguintes tópicos: limpeza do terreno, terraplanagem, sondagem do solo, rebaixamento do lençol freático e retirada e descarte do entulho. Confira!

O que é a preparação do terreno?

Você não precisa ter o alvará da construção para iniciar a preparação do terreno, mas é recomendado que você tenha o projeto arquitetônico finalizado. Pois ele irá orientar o topógrafo sobre os níveis e tamanhos da futura construção.

A preparação envolve basicamente a limpeza da vegetação e de materiais indesejados, análise do solo (sondagem) e movimentação de terra (nivelamento, cortes e aterramentos). Tudo isso para deixar o terreno plano e limpo, pronto para receber a obra.

Limpeza do terreno

Podemos dividir a limpeza em dois tipos: vegetal e de materiais indesejados.

Preparação do terreno: Limpeza do terreno

A limpeza vegetal engloba todas as ações necessárias para a retirada da camada de vegetação superficial (como mato, plantas e pequenos arbustos) e árvores. Atenção, para a retirada das árvores é necessário a aprovação da Prefeitura, principalmente se a árvore for nativa.

Já limpeza de materiais indesejados envolve todas as atividades relacionadas a demolição de construções antigas, retira de pedras, cupinzeiros e entulhos em geral. Se você for manter alguma parte da construção antiga, peça para o seu arquiteto fazer um projeto de demolição para orientar a empresa que irá executar o serviço.

Para realizar a limpeza do seu terreno você deverá contratar uma empresa especializada. Busque referências e indicações antes de fechar a contratação. Muitas vezes as empresas especializadas em limpeza também fazem a terraplanagem, por isso vale a pena pesquisar e negociar os valores. A forma de contratação mais comum é preço fechado.

Terraplanagem

O objetivo da terraplanagem é transformar o seu terreno em uma área plana, também chamada de platô. O tamanho e altura (nível) do platô devem ficar iguais ao projeto. A terraplanagem feita de forma incorreta pode resultar em problemas como erosão e deslizamentos.

Para transformar um terreno com aclive (frente mais baixa que o fundo) em uma área plana, é necessário fazer um corte no terreno, que nada mais é do que escavar e retirar a camada de terra que está acima do nível desejado. Se o seu terreno for muito inclinado, avalie com o seu engenheiro estrutural a necessidade de construir muros de arrimo para conter a terra e evitar deslizamentos.

Preparação do terreno: Terraplanagem

Já para terrenos com declive (frente mais alta que o fundo) é necessário fazer o aterramento para atingir o nível desejado. Para isso a empresa contratada deverá fornecer, espalhar e compactar a terra a cada 30cm até o nível esperado.

Muitas vezes é necessário cortar uma parte do terreno e aterrar a outra. Neste caso você poderá economizar utilizando a terra da parte cortada para fazer o aterramento da parte mais baixa.

Para realizar a terraplanagem é necessário contratar uma empresa especializada. Por isso, busque referências e avalie os trabalhos realizados pela empresa e a aparência dos equipamentos. Geralmente as empresas especializadas em terraplanagem também fazem a limpeza do terreno.

Sondagem do solo

A sondagem do solo é muito importante para evitar problemas nas fundações e garantir a segurança da sua casa.

Cada terreno possui um tipo de solo com características e resistências variadas. Por isso, fazer a sondagem é fundamental para o seu engenheiro estrutural ter as informações corretas para compor os cálculos das fundações da sua casa.

Preparação do terreno: Sondagem do solo

A metodologia mais utilizada é a SPT, que consiste em fazer de 2 a 3 perfurações para extrair amostras dos tipos solos do seu lote. Estas amostras são analisadas por laboratórios especializados e depois e é emitido um relatório.

A sondagem também é feita por uma empresa especializada, por isso, busque referências antes de fechar a contratação.

Retirada e descarte de entulho

Deixar acumular entulho na obra, na calçada ou no terreno vizinho pode resultar em multa. Por isso, é recomendado que você alugue caçambas para depositar o entulho e restos de plantas gerados durante a limpeza do terreno.

Preparação do terreno: Retirada e descarte de entulho

Antes de contratar a empresa, certifique-se que ela faz o descarte de maneira correta dos entulhos. Em caso de fiscalização e multa, você também poderá ser responsabilizado.

Rebaixamento do lençol freático

Quando o aquífero fica muito próximo a superfície, é necessário fazer o rebaixamento do lençol freático antes de iniciar a obra.

Em áreas litorâneas é comum encontrar água a 80cm de profundidade. Construir nestas condições exige que sejam instaladas bombas de sucção para rebaixar o nível da água do lençol freático.

Gostou das dicas que colocamos neste post? Esperamos que elas ajudem você a começar a sua construção com o pé direito. Para receber mais dicas inscreva-se na nossa Newsletter e lembre-se, o melhor preço dos materiais da sua construção, você encontra no PraConstruir!

Compartilhar:

2 Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Adquiri um terreno com 1000 m(2), em 1976, entendo que ele é bem localizado porque ele fica paralela a uma Avenida principal, que vai de Lauro de Freitas para Sergipe denominada linha verde, esta área é localizado em um loteamento chamado Recanto de Itacimirim, em Camaçari BA.
    mas ele está localizado em um terreno CHARCO, o que devo fazer para iniciar a construção.

    • Jaime, antes de começar a construir é necessário elaborar os projetos arquitetônicos e estrutural, sem eles você com certeza terá dor de cabeça com umidade e infiltração. Construir é solo do tipo Charco não é impossível, mas precisa tomar alguns cuidados. Se quiser mais informações sobre projetos nos procure no WhatsApp 19 98804-1485. Obrigado