O que é areia?

Areia é um agregado miúdo resultante da fragmentação de rochas como basalto, quartzo, sílica, calcário, granito e gnaisse.

A areia utilizada na construção é composta principalmente pôr quartzo, mas dependendo da composição da rocha da qual é originada, pode conter outros minerais como: feldspato, mica, magnetita, entre outros.

O que é areia

Segundo a NBR 7211 – Agregado para concreto, a areia deve ser composta por grânulos pequenos que passam por peneiras de abertura de malha de no máximo 4,8mm.

A areia pode ser obtida de fontes naturais ou “industrializadas”.




O que é areia lavada?

A areia lavada, ou areia natural, é a mais utilizada nas obras. Ela é extraída dos leitos dos rios através de dragas de sucção.

As dragas bombeiam a água contendo areia para lagoas de decantação, onde o material sólido é separado da água devido a diferença de densidade.

Após algumas horas na lagoa de decantação, a água é retirada através de bombas e o material sólido (composto por areia e impurezas) depositado no fundo da lagoa é retirado e peneirado para retirar pedras e vegetações.

Depois de lavada, a areia é transportada para comercialização e separadas nas granulações fina, média e grossa.

Existe também a extração de areia natural de minas pelo método de cava seca. Nesse caso, a extração é feita através da escavação em locais onde houve acúmulo de areia durante anos.

Essa areia retirada também é peneirada para separação de pedras e vegetações e depois separada por granulações para comercialização.

As areias de praias e dunas não são utilizadas na construção civil devido a sua granulação irregular e a quantidade de sal. O sal prejudica a fabricação de concretos e argamassas, pois impossibilitando que a cura (secagem) ocorra de forma correta.

Areia lavada fina

A areia fina tem grãos com diâmetros entre 0,05 a 0,42mm. Ela é utilizada na fabricação de argamassas para revestimentos internos, como reboco fino e liso.

Areia lavada fina

Areia lavada média

Já a areia média tem grãos de diâmetro entre 0,42 a 2,00mm. Ela é muito utilizada na fabricação do concreto e argamassas de assentamento de blocos e tijolos.

Areia lavada média

Areia lavada grossa

Na areia grossa os grãos têm diâmetro entre 2 a 4mm. Ela é utilizada na maioria das vezes para fabricação de concreto e argamassa para chapisco.

Areia lavada grossa

O que é areia usinada?

A areia usinada, ou areia industrializada, ou areia de brita, é um agregado gerado pela britagem de rochas. Ou seja, formada pela fragmentação mecânica das rochas.

Devido a fragmentação da rocha ser mecânica e controlada, a areia originada neste método é tida como artificial ou industrializada.

A areia usinada é capaz de substituir a areia lavada atendendo a todos os rigores técnicos e operacionais necessários.

Um grande ponto positivo da areia de brita é sustentabilidade, dado que a sua produção não causa impactos adicionais ao meio ambiente por ser um subproduto da extração de pedras britas.

A areia usinada está ganhando espaço no mercado devido a muitas jazidas naturais de areia terem sido esgotadas e ao aumento das restrições para retirada de areia dos leitos dos rios.

O que é areia usinada

O que é areia reciclada?

Entulhos, materiais de demolição, entre outros resíduos de construção de Classe A, quando devidamente separados e moídos, geram os chamados agregados reciclados. E entre os agregados reciclados temos a areia reciclada.

A areia reciclada possui as mesmas características físicas e granulações da areia lavada. A diferença está na sua composição, os agregados reciclados podem conter partículas de cimento, mas não impurezas como: madeira, aço e plásticos. Estes devem ser retirados antes da moagem.

A areia reciclada custa menos do que a areia lavada e causa menor impacto ambiental por que os leitos de rios e minas não estão sendo agredidos.

A norma NBR 15116 – Agregados reciclados de resíduos sólidos da construção, aponta o uso de areia reciclada somente para concretos e argamassas não estruturais, como assentamento de alvenaria de vedação, calçadas, contrapisos e revestimentos.

Porém, muitos estudos apontam que nos novos métodos de separação e britagem dos materiais podem gerar areias recicladas de uso estrutural. Por isso, fique atento, no futuro podemos ter alterações na norma.

O que é areia reciclada

O que é areia para aterro?

A areia para aterro é uma mistura de areias de diferentes granulometrias com solo não contaminado e impurezas orgânicas, como galhos e folhas. Ela é extraída dos mesmos locais da areia lavada, só que não passa pelo processo de filtragem após a decantação.

Ela também pode ser obtida através da reciclagem dos resíduos das construções. Assim como na areia reciclada, os resíduos da construção são moídos e transformados em um agregado.

Porém, no caso da areia para aterro, os grãos não têm uma granulação específica e ela pode conter resíduos de classe A e classe B (madeira, papeis, gesso, entre outros).

Devido a essa mistura de materiais, sujeiras e granulometrias, a areia para aterro não pode ser utilizada na fabricação de concretos e argamassas. Ela deve ser utilizada somente para realização de aterros e terraplanagens.

O que é areia para aterro



Como usa a areia na obra?

A areia é um dos materiais mais utilizados na construção civil. Ela é utilizada junto com o cimento na fabricação de concretos e argamassas.

A areia é um material considerado inerte, ou seja, ela não reage quimicamente com o cimento e a água.

Por ser inerte, a areia diminui a reação química entre o cimento e a água. Isso ajuda a evitar a perda de umidade e o surgimento das trincas e rachaduras.



Como comprar areia?

A areia para construção é vendida em sacos ou à granel. Você encontra areia ensacada com 10, 20 e 25kg.

Já a areia à granel é comercializa em m³ e entregue através de caminhões basculantes. Geralmente o caminhão de areia tem capacidade entre 5 a 13m³.

Antes de comprar a areia, recomenda-se verificar a sua origem. Para isso, confira se a empresa que fez a extração tem a autorização do Ministério de Minas e Energia, o alvará municipal, o licenciamento ambiental e a autorização intervenção em áreas de preservação.

Como comprar areia

Depois de avaliada a documentação, é necessário inspecionar a qualidade da areia. A inspeção deve ser feita antes da compra ou antes de descarregar na obra.

Não aceite areia suja, com aspecto que contenha óleo, galhos e muita terra. Essas sujeiras podem interferir na qualidade, resistência e durabilidade do concreto e argamassa.




Outra dica importante é não comprar areia úmida. O volume da areia úmida é maior do que a areia seca, portanto, ao comprar areia úmida você estará pagando mais por menos produto. Dúvida, assista o vídeo abaixo do canal Vida Engenharia do YouTube.

Como armazenar areia?

A areia deve ficar em lugar de fácil acesso para o caminhão da entrega e para os trabalhadores da obra.

Recomenda-se fazer baias com blocos ou tijolos para armazenar as areias separadas por granulometria e tipo de material. Em obras grandes estas baias chegam a ter 1,2m de altura.

As baias evitam que as areias com granulometrias diferentes se misturem entre si, e com pedras ou outros materiais. Elas também ajudam a evitar que a areia seja carregada pela água da chuva.

Como armazenar areia

Se a realização de baias de blocos ou tijolos não for possível, você pode utilizar madeira ou outros materiais que ajudem a comportar a areia dentro de uma área específica.

Adicionalmente as baias, você pode cobrir o monte de areia com lonas plásticas para ter um armazenamento com menos perdas. Além de evitar que a areia seja carregada pela chuva, as lonas evitam que a areia absorva umidade.

Outro ponto de atenção é que a areia não deve ser armazenada nas calçadas para não atrapalhar a movimentação dos pedestres. A areia deve sempre ser armazenada dentro dos limites do terreno e do canteiro de obras.




Compartilhar:

Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *