A escolha mais impactante, visualmente, na reforma predial é uma nova pintura. Fazendo isso na parte externa da sua residência, você poderá criar uma fachada que atenda ao estilo que deseja.

Porém, é preciso tomar certos cuidados, pois as diversas cores de tinta podem causar impactos bem diferentes do esperado no ambiente.

O lado de fora é mais exposto aos fatores climáticos, o que deve ser levado em consideração na hora de escolher os produtos para pintar. Além disso, algumas cores são mais indicadas para determinados tipos casas.

Para ajudá-lo nessa missão, fizemos este post em que falaremos sobre quais fatores considerar na hora de escolher a cor da sua área externa. Prestar atenção em detalhes como esses pode fazer toda a diferença no resultado final de sua obra ou reforma. Vamos lá?

Considere a localização da casa

Na hora de escolher a cor para a sua fachada, o primeiro passo é olhar ao redor. Se sua residência é cercada por casas com cores claras, apostar em cores escuras pode não ser uma boa ideia.

Considere a localização da casa

Não só pela estética dissonante, mas também por aspectos práticos. Caso sua fachada se destaque, é possível que ela também chame atenção de ladrões.

O interessante nesse caso é buscar uma aparência que mescle com o restante da ambientação e que também agrade o seu gosto pessoal.

Combine as cores de tinta com a arquitetura e demais componentes

A arquitetura da casa, bem como os componentes como esquadria, iluminação externa e acabamento são decisivos nessa escolha. A combinação com a esquadria não deve ser, necessariamente, de manter o mesmo tom.

Essa era uma tendência forte nos anos 90, que já foi derrubada. Hoje essa escolha é mais livre, podendo ser feita com contraste ou buscando alcançar um conceito.

Combine as cores de tinta com a arquitetura e demais componentes

No caso da iluminação, caso ela seja somente natural, o ideal é que se aposte em tons mais claros, para que a noite a casa não fique apagada. A arquitetura, se for mais clássica, pede tons mais sóbrios.

Já ambientes rústicos, que possuem muita madeira, combinam bem com tons verdes, pois evocam natureza.

Defina o que as cores devem transmitir

É preciso entender, primeiramente, que a cor da parede externa é uma escolha pessoal.

Cada casa terá moradores com gostos e personalidades próprias. Portanto, a escolha das cores deve partir daí: buscar uma tonalidade que se aproxime do comum. Só assim é possível ter uma casa que se encaixe no desejo da família.

Defina o que as cores devem transmitir

De toda maneira, chegar a um acordo sobre o que as sensações que devem ser transmitidas pelas cores é um bom ponto para começar a se decidir.

Cores vivas, como vermelho e laranja, criam um espaço alegre e divertido. Já tons mais escuros, passam força e imponência. Já cores claras, como beges e branca, evocam neutralidade e conforto, sendo porém mais trabalhosas pela facilidade com que elas mancham.

Escolher as cores de tinta da área externa é importante, já que são elas quem dão a primeira impressão da sua residência.

Então, na hora de fazer uma reforma que envolva pintura, considere seu gosto pessoal, bem como nossas dicas, garantindo assim a sua satisfação.

Nosso post sobre cores de tinta ajudou? Gostaria de mais artigos como este? Então, nos siga nas redes sociais, estamos no Facebook e no Instagram para receber mais dicas de decoração e criar ambientes bonitos sem gastar muito!

Compartilhar:

Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *