Você deve se lembrar de ter ouvido na escola que a ordem dos fatores não altera o produto. Essa regra de fato é uma verdade para a matemática, mas quando o assunto é reforma as coisas mudam um pouco de cenário.

Ao decidir reformar sua casa, você deve saber que existe uma ordem a ser seguida durante os trabalhos, de forma a facilitar a organização da reforma e garantir o melhor resultado possível com ela.

Um bom profissional certamente poderá orientá-lo quanto a forma correta de organizar sua reforma, e com as informações que trouxemos abaixo você não terá motivos para errar.




Começando pelo banheiro

O banheiro costuma ser uma das áreas mais problemáticas durante as reformas, por isso o ideal é começar o trabalho encarando esse cômodo primeiro.

Além disso, banheiro costuma receber revestimentos independentes do restante do imóvel, o que facilita na hora de reformar esse cômodo sem alterar o restante da casa.

Dentro do banheiro, o ideal é começar os trabalhos com a demolição de estruturas, caso isso seja necessário, seguindo com a realização das instalações, finalizando com a fixação do chuveiro e das louças sanitárias.

Lembre-se de que antes de fechar as paredes é importante testar todas as saídas de água.

Seguindo rumo à cozinha

O segundo ponto de parada de sua reforma deve ser a cozinha, caso você também decida renovar esse ambiente. A reforma da cozinha costuma causar mais impacto na vida das pessoas, por isso é importante que ela seja planejada com cautela.



O primeiro passo é demolir o que for necessário, na sequência devem ser feitas as instalações hidráulicas e elétricas, finalizando com a troca do piso, caso você julgue necessário.

Os móveis e acabamentos são a última etapa a ser encarada para reformar a cozinha, e se possível opte por móveis planejados para dar um toque de funcionalidade ao cômodo.


Renovando o piso

Com o uso diário, é natural que o piso do imóvel acabe se desgastando e apresente um aspecto envelhecido. A reforma da casa é uma ótima oportunidade para trocar o piso e escolher um novo revestimento.

Você pode optar por trocar o piso de todo o imóvel ou apenas de algumas áreas específicas que costuma desgastar mais rapidamente, como a sala de estar e o corredor.




Trocando a esquadria

Após renovar o piso do imóvel, será possível dar início à troca da esquadria da casa.

Observe todas as portas e janelas de seu imóvel para definir quais delas precisam ser substituídas, e opte por modelos que ofereçam não apenas beleza, mas também resistência.

Existem diversas opções de materiais usados na fabricação de esquadrias, e os mais comuns são a madeira, o ferro, o alumínio e o PVC.


Finalizando com a pintura

A última etapa de sua reforma deve ser a pintura, que vai conferir o toque final à obra. É importante deixar a pintura por último pois as chances de ela ficar manchada durante a reforma são grandes.

Escolha as cores certas para cada ambiente observando características como o tamanho do espaço, a iluminação do ambiente e as sensações que deseja transmitir com a pintura.

Nosso post sobre ordem certa para realizar a obra ajudou você a planejar a sua obra? Gostaria de mais artigos como este? Então, nos siga nas redes sociais, estamos no Facebook e no Instagram para receber mais dicas!



Compartilhar:

Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *