Na hora de construir ou reformar, você terá que tomar várias decisões sobre o projeto, materiais e mão de obra. Até mesmo sobre o teto da sua casa, você precisará tomar decisões sobre qual material utilizar.

O forro de PVC é uma das opções disponíveis no mercado para essa parte da sua casa. Você já considerou utilizar esse produto na sua construção ou reforma?

Confira agora mais detalhes e entenda se é, ou não, uma boa opção para você.

O que é e como surgiu o forro de PVC

O forro de PVC é feito de um material plástico composto basicamente por um dos subprodutos do petróleo, o eteno, e cloro retirado do cloreto de sódio, o sal.

Apesar de o PVC ter sido descoberto em 1872, sua utilização em outros produtos só teve expressividade a partir da década de 1920. No Brasil, esse plástico só começou a ser comercializado a partir de 1950.

Por ser leve, durável e impermeável, a partir de 1960 o PVC começou a ser usado em materiais de construção, inclusive em forros.

Vantagens do forro de PVC

Impermeável

O material do forro de PVC é impermeável e isso faz com que ele seja mais durável do que um de madeira, por exemplo.

Além disso, ele pode ser usado em locais úmidos, como banheiro, e resiste a atmosferas salinas (regiões praianas).

Na cozinha, as manchas de gordura podem ser facilmente retiradas com água e detergente.

Sustentável

A sustentabilidade é outro ponto positivo desse material. É 100% reciclável, além de não exigir estruturas extras para sua colocação.

Sustentável

O lixo que gera no momento da fixação é praticamente zero, tornando a obra menos prejudicial ao meio ambiente.

Isolamento térmico e acústico

Essa cobertura não é classificada como isolante termoacústica, mas ela age de maneira satisfatória nesses casos, devido a sua camada dupla.

Abafa ruídos externos e mantem estável a temperatura dentro de casa.

Não é inflamável

O material possui baixa resistência ao fogo, no entanto, o mais importante: ele não propagar as chamas.

Isso significa que o forro de PVC não é inflamável, trazendo maior segurança a residência. Apesar de ser danificado em caso de incêndio.

Custo-benefício

Por fim, o forro de PVC pode durar até 40 anos, o preço é bastante atrativo e existem várias cores disponíveis, até mesmo modelos que imitam a madeira.

Ele é rápido e fácil de instalar e cumpre o seu papel.

Desvantagens desse tipo de material

Estética

A principal desvantagem do forro de PVC é a estética.

estética

A aparência plástica é visível e o acabamento não fica com um visual tão bonito e sofisticado como um teto de gesso ou laje.

Além disso, não é possível fazer um projeto de iluminação tão interessante no cômodo com sancas ou rasgos de luz, por exemplo.

 

Padronização

A padronização é necessária para que o forro de PVC seja fácil de instalar. No entanto, no mercado você só encontra duas opções de placas: réguas ou modular.

As réguas são as mais utilizadas em casas por sua aparência. No entanto, o modelo modular permite que se façam manutenções na parte superior do teto, como hidráulicas ou elétricas.

O material também apresenta uma desvantagem com relação a sua padronização de cor. Se uma ou mais placas forem danificadas, ao fazer a substituição você pode perceber uma mudança de tom entre elas, por serem de lotes diferentes.

O forro de PVC apresenta vantagens interessantes para quem busca um material barato, durável e prático. Ele atende bem ao que se propõe, ou seja, proporciona um teto com bom isolamento termoacústico e um visual confortável.

No entanto, se você prezar pela estética, essa pode não ser a melhor escolha, já que o gesso, por exemplo, é sofisticado e proporciona mais possibilidades para o projeto.

Agora que você já leu mais detalhes sobre o forro de PVC e seus prós e contras, continue aprendendo e descubra mais sobre os pisos vinílicos.

Compartilhar:

Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *