A popularização da fibra de carbono no canteiro de obra tem se tornado uma realidade nos últimos anos. Usada para reforçar a estrutura de construções já existentes, a fibra tem trazido benefícios como agilidade e economia para os construtores.

De acordo com Marcus Dantas, diretor da Retrofit Engenharia, empresa especializada em reforço estrutural, a solução possui alta resistência e segurança, mas exige uma mão de obra especializada no momento da aplicação.

Se você quer entender um pouco mais sobre a fibra e sua aplicação na construção civil? Continue a leitura e veja só!

O que é a fibra de carbono?

A fibra de carbono é composta por filamentos construídos majoritariamente de carbono unidos por uma resina epóxi de alto desempenho. São fios de fibra mais finos que nossos fios de cabelo trançados de forma têxtil que possuem uma resistência e flexibilidade enormes.

A fibra de carbono é muito utilizada hoje em peças de carros, em aplicações aeroespaciais, aviões, bicicletas, capacetes, instrumentos esportivos e na construção civil.

O resultado é um produto com baixíssimo coeficiente de dilatação, extraordinária rigidez, com alta resistência, leveza e estabilidade térmica e química. Ou seja, é um produto inovador!

 Fibra de carbono

Como é produzida a fibra de carbono

A produção das fibras de carbono é dividida em quatro etapas. Sendo a primeira a polimerização por pirólise, onde ocorre a extração do carbono a partir do superaquecimento da matéria-prima (normalmente a poliacrilonitrila).

Depois inicia-se a ciclização, que é o método de manipulação dos polímeros. Nesse processo os polímeros são esticados para o eixo da fibra.

A terceira etapa se baseia na oxidação do produto, ou seja, ocorre a extração das moléculas de hidrogênio e adição de oxigênio.

Na última etapa tem-se a adição da resina epóxi, para moldagem das placas. É onde a fibra de carbono ganha formato de peças, placas e afins.

Como a fibra de carbono pode ser utilizada?

É uma solução muito utilizada no reforço estrutural de construções já existentes. Construções que passarão por sobrecargas não previstas no projeto original ou por obras e intervenções que poderão fragilizar a estrutura.

As placas de fibra de carbono são fixadas nas estruturas que necessitarão de reforço com auxílio da resina epoxídica. Após 24 horas, a fixação do material torna-se resistente e pode ser revestido. Revestido com argamassas como emboço e reboco, revestimento de gesso ou por outros materiais.

Aplicação de Fibra de Carbono

Benefícios da fibra de carbono

Um dos maiores benefícios da fibra de carbono é que ela não sofre corrosão. Não sofre com os efeitos do tempo e clima. Sendo mais durável que o aço.

A fibra é inerte, portanto não sofre também com a ação de ácidos, substâncias básicas e alcalinas.

Outro grande benefício é a combinação da fibra de carbono ser mais leve e resistente que o aço. Facilitando no transporte e aplicação de peças e reforços em construções.

Sobre a Retrofit Engenharia

Presente há 15 anos no mercado de construção nacional, a Retrofit Engenharia é especializada em retrofit de imóveis para os mais diversos segmentos de mercado, como Educação, Saúde, Hotelaria, Corporativo e Patrimônio Cultural.

A empresa oferece soluções integradas e serviços especializados para modernização e valorização de imóveis. Também realiza obras de Restauro, Recuperação e Reforço de Estrutura, Reforma e Tratamento Protetor de Fachada, Sistemas Impermeabilizantes, Injeções e Tratamentos Isolantes e Construções Novas.

Compartilhar:

2 Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *