Todo mundo gosta de morar num ambiente bonito e aconchegante. Por isso mesmo, é muito comum ter vontade de renovar o visual da casa de vez em quando. Mas, por conta das inconveniências típicas de uma reforma, muita gente acaba desistindo de reformar a casa.

Se você também é do grupo que acha que não vale a pena encarar essa tarefa, saiba que é perfeitamente possível reformar a casa sem estresse: basta seguir essas 5 dicas infalíveis que nós preparamos. Vamos lá?




1. Planeje tudo com muita calma

Antes de sair por aí quebrando paredes ou comprando materiais de construção, você deve parar e pensar, com muita calma, no que realmente precisa fazer. Quais são os cômodos que vão ser reformados? O que você pretende mudar neles?

Planeje tudo com calma para reformar a casa

Feito isso, estipule um prazo para os trabalhos. Seja razoável — não pense que uma reforma complexa pode ser realizada em uma semana. Aliás, falando em complexidade, vai ser necessário sair de casa ou tudo poderá ser feito sem atrapalhar a rotina da família? Com tudo isso em mente, você já terá condições de começar a estabelecer um orçamento.



2. Faça um bom estoque de materiais

Se você fizer um bom planejamento, vai saber exatamente o que comprar numa loja de materiais de construção. Com isso, será mais fácil economizar, principalmente pela quantidade — pisos e azulejos, por exemplo, saem bem mais baratos quando comprados de uma vez.

Com o cronograma da sua obra já estabelecido, você também vai poder comprar alguns materiais no momento certo: lembre-se que o cimento e a argamassa, por terem prazo de validade, devem ser adquiridos o mais próximo possível do início dos trabalhos.




3. Contrate bons profissionais

Um dos pontos primordiais para reformar a casa sem estresse é poder contar com bons profissionais. À primeira vista, contratar um engenheiro ou um arquiteto pode soar como um gasto desnecessário — a verdade, porém, é que eles podem ser vitais para garantir que o projeto saia do jeitinho que você imaginou.

A melhor maneira de encontrar um especialista é buscando indicações de parentes ou amigos que já tenham requisitado esses serviços. Consulte as referências do profissional e só solicite suas tarefas após ter firmado um contrato que detalhe tudo o que for relacionado à obra.

4. Fique de olho na organização

Não esqueça de proteger seus móveis e eletrodomésticos! Para não os danificar, cubra-os com plásticos e panos — peças mais sensíveis devem ser encaixotadas ou guardadas em outro lugar.

Fique de olho na organização

Atente-se ainda às regras da vizinhança. Para não criar problemas devido ao barulho, por exemplo, o ideal é que as obras não ultrapassem o horário da tarde.

Por fim, cuide da sujeira: solicite a limpeza diária da obra e considere alugar uma caçamba caso haja muito entulho. Só não vá esquecer de retirar a caçamba da rua depois!



5. Divirta-se reaproveitando o que você já tem

Muita coisa que você já possui pode ganhar vida nova com uma simples pintura ou recauchutagem: móveis podem ser reformados, sofás ou cadeiras podem receber novo estofamento, e por aí vai.

Além de economizar uma grana, ao reaproveitar alguns itens, você contribui para a sustentabilidade e ainda pode se divertir dando-lhes um toque pessoal.

Viu só como é possível reformar a casa sem estresse? Agora é só botar todas as suas ideias no papel e ir em frente nessa jornada. Aproveite baixe o nosso Infográfico sobre as Etapas da Construção.

CTA info etapas da construção




Compartilhar:

2 Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *