Como é bom comemorar uma data especial, um grande acontecimento, ou até mesmo aproveitar os dias de sol na área de lazer da sua casa, não é mesmo?

Mas para garantir bons momentos em família ou com amigos, alguns cuidados são necessários. Para ajudar você a projetar ou reformar área de lazer para a sua casa, reunimos neste post algumas dicas dos arquitetos Paulo Capel, Moacyr Corsi e Rebeca Braga.

Dicas para a área da churrasqueira

Escolha o tamanho de churrasqueira certo

O primeiro passo é escolher a churrasqueira mais adequada. “O tamanho precisa ser compatível com o uso. Além disso, o duto da chaminé deve ser sempre bem dimensionado, com o mínimo possível de curvas e cotovelos, pois isso é o que geralmente atrapalha a circulação do fluxo de ar e faz com que haja retorno da fumaça”, explica o arquiteto.

churrasqueira

Outra questão são as dimensões. De acordo com Capel, é preciso estar atento para que o churrasqueiro tenha espaço livre de trabalho, com bancada de apoio e itens à mão. “Na pia é necessário ter uma cuba com tamanho compatível à tábua de carnes e espetos; torneira; talheres, copos e pratos sempre à mão e, de preferência, um frigobar ou geladeira que possa armazenar as bebidas e alimentos”, explica Paulo Capel.

Pense na circulação das pessoas

O espaço precisa ainda ser adequado para receber os convidados. “É necessária uma quantidade média de assentos (bancos e cadeiras) que também possa sempre agregar mais pessoas. Então prever espaços de circulação ao redor da mesa que possam receber mesas dobráveis ou banquetas soltas é uma boa pedida”, complementa Paulo Capel.

Iluminação na medida certa

Para garantir o conforto de todos, é preciso estar atento ao sistema de iluminação da churrasqueira. “O desconforto visual prejudica as pessoas e pode até ter consequências em nossa saúde, então nada de colocar apenas uma lâmpada no teto, no centro do ambiente. Mas também de nada adianta encher de spots e luminárias que vão deixar a iluminação do espaço parecendo canhões de luz em um show de rock”, completa Paulo Capel.

Aproveite a sua visita e cadastre-se no nosso Boletim Quinzenal para receber no seu e-mail as melhores dicas e informações sobre obras.

CTA Boletim Quinzenal Blog PraConstruir

Dicas para a piscina

Qual a finalidade da piscina?

Segundo o arquiteto Moacyr Corsi, é preciso estar atento a alguns detalhes na hora de projetar uma piscina, mas o principal é a finalidade: será só para recreação ou também para esporte? Será utilizada por criança e idosos?

“Pessoas que gostam de nadar preferem piscinas longas, até mesmo com raias. As piscinas para recreação geralmente possuem 1,40m de profundidade e servem para banhar-se ou para imersão”, explica.

Tem que pegar sol

O ideal é que a área da piscina receba a incidência direta do sol na maior parte do dia. Para isso projete a construção da piscina afastada da casa, muros e árvores. Assim haverá menos sombras.

piscina

Escolhe o tipo de piscina

Cada opção disponível no mercado tem vantagens e desvantagens. É preciso estar atento e analisar quais são as suas necessidades. Neste post falaremos dos 4 tipos mais comuns.

Piscinas de alvenaria

As piscinas de alvenaria são compatíveis com revestimentos sofisticados e possuem grande resistência. E o azulejo não é o único material que pode ser usado para revestir. Hoje é possível utilizar pastilhas de vidro ou outro material cerâmico. Como desvantagem, está o tempo para construção, que é maior e o risco de vazamento, já que é preciso um tratamento impermeabilizante, que encarece o processo.

Piscinas de fibra de vidro

As piscinas de fibra de vidro são ideias para quem busca uma construção rápida. Tem custo mais acessível e as chances de vazamentos são pequenas. É possível encontrá-las à venda em formatos definidos. Isso facilita para quem tem urgência, mas tem como desvantagem a falta de personalização.

Piscinas de vinil

No caso das piscinas de vinil, há várias possibilidades de formatos e tamanhos, fatores que a tornam a preferida da maioria das pessoas. É impermeável e facilmente ajustável. Como desvantagem está a baixa (ou nenhuma) resistência a objetos cortantes.

Piscinas de plástico

Anteriormente associada às crianças, as piscinas de plástico podem ser encontradas em tamanhos maiores, possibilitando o divertimento de adolescentes e adultos e podem ter uma capacidade superior a 20 mil litros. Apesar do custo acessível, apresentam problemas como uma maior possibilidade de rasgar.

CTA info etapas da construção

Dicas para o jardim

Crie ambientes e decore os caminhos

De acordo com a arquiteta e paisagista Rebeca Ribeiro Braga, de Santo André (SP), uma forma simples e prática para se ter um ambiente calmo e aconchegante é optar pelo uso de itens como pedriscos, seixos, areia e casca de pinus. “Estes elementos podem ser utilizados para forrar e decorar caminhos, criar ambientes, dividir áreas de passagem e podem compor um sistema de tons muito interessante”, afirma.

jardim

“Para jardins menores, é possível apostar no uso de casca de pinus, que retêm a umidade, seixos coloridos e ornamentos como pedras e pequenas esculturas”, completa Rebeca Ribeiro Braga.

Utilize vasos e composições

Quanto aos vasos, de acordo com a profissional, eles são uma maneira rápida de criar uma composição de flores e folhagens, mas não são a única alternativa. “Hoje em dia podemos observar o uso de troncos de madeiras, gaiolas antigas, garrafas coloridas e cestos trançados como suportes de belos arranjos”, explica.

“Suportes de parede para vasos e trepadeiras ou mesmo ‘hangers’, que são os vasos pendurados por ganchos ou por suportes de macramê, estão em alta e podem ser, com um pouco de habilidade, desenvolvidos por conta própria”, diz Rebeca.

Gostou das dicas dos nossos parceiros? Para receber mais dicas, inscreva-se no nosso Newsletter. Baixe gratuitamente o nosso Infográfico sobre as Etapas da Construção e fique por dentro.

CTA info etapas da construção

Compartilhar:

Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *