Saber calcular a quantidade de materiais de construção é sinônimo de economia. Por isso, contratar um profissional qualificado sempre vale a pena. Porém, nem todas as pessoas podem contar com profissionais de confiança ao longo de toda a construção da sua casa.

Foi pensando em ajudar você, que tem dúvida de como calcular a quantidade de materiais da sua obra, que nós criamos esta página. Nela nós explicamos como são feitos os cálculos dos principais insumos da construção. Esperamos que estas informações ajudem você a evitar desperdícios e ainda ficar por dentro de como as nossas calculadoras funcionam. Nesta página você encontra os cálculos para:

  • Concreto usinado (pronto)
  • Concreto feito na obra
  • Armações de aço
  • Caixarias
  • Tijolos e blocos
  • Argamassa




Perdas e arredondamentos

Em todas as atividades há sempre o risco de erro de medição e de perda de materiais por quebra ou danos. Por isso, para não correr o risco de parar a obra por falta de materiais é comum adicionarmos a quantidade calculada nos exemplos acima uma taxa de perdas de 10%. Esse é a taxa utilizada nas nossas calculadoras.

Para fazer o calcula basta multiplicar a quantidade calculada por 1,1. Por exemplo, no caso com concreto pronto calculamos volume total das 15 colunas com 3,06m³. Com a taxa de perda de 10% o volume orçado deverá ser de 3,06 x 1,1 = 3,36m³.

Outro fator que deve ser considerado na hora de comprar os materiais é o arredondamento para unidades comerciais. Por exemplo, não é possível comprar 1,5 saco de cimento, por isso na hora de comprar os materiais você deverá arredondar as quantidades para cima. Neste caso você deverá comprar 2 sacos de cimento.



Calculando a quantidade de materiais

Clique nas imagens abaixo para ver como são calculadas as quantidades de materiais para sua obra:




Conclusão

Como vimos nos exemplos acima não é difícil calcular a quantidade de matérias de construção. Todos os cálculos apresentados são simples e utilizam conceitos básicos de matemática. Porém temos que tomar cuidado com os detalhes e saber utilizar as informações de rendimento e perdas.

Se você gostou desta página compartilhe nas suas redes sociais. Se ficou com alguma dúvida, não concorda com o cálculo sugerido ou ainda não encontrou o que precisava, nos mande um e-mail através do [email protected]



Compartilhar:

Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *