Planejar a construção da casa é uma tarefa que envolve diversos pontos que vão desde a definição do terreno e o levantamento da mão de obra necessária para a execução da obra até a compra dos materiais e a obtenção de todos os documentos.

Esse planejamento de obra não é um processo muito complexo, mas é uma das etapas mais importantes quando se deseja construir uma casa.

Ele é o grande responsável por garantir que as obras sejam finalizadas dentro do prazo, que o custo da construção fique dentro do orçamento com a qualidade esperada e não cause surpresas no final.

Para ajudá-lo nesse processo, separamos, neste post, os 9 passos para planejar a construção da sua casa do zero. Confira!

1. Escolha o terreno ideal

Antes de qualquer coisa, para você construir a casa dos seus sonhos, é preciso escolher o local. A escolha do terreno é fundamental para construção do imóvel e, principalmente, para que ele fique dentro das expectativas.

Escolha o terreno é primeiro passo para planejar a construção

É muito importante estar atento aos desníveis do terreno, à qualidade do solo, à área permitida para a construção da casa e à localização.

Todos esses detalhes impactam na obra e no valor final. Uma ótima dica para as pessoas que não estão muito seguras na hora de fazer essas escolhas é pedir auxílio a um arquiteto.

2. Defina o limite orçamentário para a construção

A determinação do valor a ser gasto na construção da casa é, provavelmente, o fator que mais vai impactar no imóvel.

O orçamento da obra será o responsável por definir o tamanho, a qualidade da casa e o tempo gasto para a conclusão da construção. Por isso, é muito importante tomar muito cuidado ao fazer as contas de maneira correta e realista.

Tenha atenção, ainda, para não exagerar no projeto, fazendo com que você não consiga pagar por todos os custos ou terminar a obra no tempo esperado.

Porém, é preciso ter cuidado com a situação contrária: não economize demais para depois se arrepender!

Aproveite a sua visita e cadastre-se no nosso Boletim Quinzenal para receber no seu e-mail as melhores dicas e informações sobre obras.

CTA Boletim Quinzenal Blog PraConstruir

3. Contrate um arquiteto para fazer o projeto

O acompanhamento técnico durante a construção da casa é uma exigência da legislação brasileira. Após definido o orçamento, deve-se contratar um arquiteto para a criação do projeto da casa.

O profissional qualificado será o responsável por colocar no papel todos os seus desejos e sonhos, permitindo que você construa uma casa de altíssima qualidade e que atenda às suas expectativas.

O arquiteto e urbanista não se preocupa apenas com a estética da obra. Ele também orienta, planeja e projeta de acordo com as condições do terreno e com as suas necessidades. Sua capacitação permite que as melhores técnicas sejam aplicadas, garantindo conforto, sustentabilidade e otimizando os espaços disponíveis.

4. Entenda o papel do engenheiro

O profissional da Engenharia Civil se envolve, principalmente, com a parte estrutural da construção. Ele está habituado a realizar os cálculos necessários para concretizar o projeto idealizado pelo arquiteto com total segurança.

Esses profissionais analisam as cargas e forças as quais a construção estará sujeita e, a partir disso, definem se o terreno suportará a obra.

Eles também estabelecem o tipo de fundação e dimensionam a parte estrutural, como pilares, estacas e vigas. Além de outros cálculos que incluem a resistência dos materiais, visando a estabilidade, economia e segurança do imóvel.

O engenheiro também está apto a trabalhar com as instalações elétricas, sanitárias e hidráulicas, assim como acompanhar o progresso da obra para que todas as etapas sejam executadas de acordo com as normas técnicas.

5. Utilize mão de obra qualificada

O primeiro passo é conhecer o profissional de arquitetura que você pretende contratar. Pesquise seu portfólio, seu estilo de trabalho e o tempo que ele atua no mercado. Afinal, é muito importante buscar um profissional da sua confiança.

Depois, para que o projeto do arquiteto saia do papel de forma fiel, é preciso utilizar mão de obra qualificada.

Por isso, devem-se contratar mestres de obra, pedreiros, pintores e serventes que possuam referências e que você conheça os trabalhos realizados por eles.

Lembre-se de que eles serão os responsáveis para que o seu lar fique de acordo com o desejado.

Utilize mão de obra

6. Compre os materiais necessários

Para planejar a construção da sua casa e realizar as obras, é preciso comprar os materiais que serão utilizados em cada etapa.

As compras desses insumos devem ser feitas em empresas de qualidade e que entreguem produtos de ponta. Caso contrário, pode-se adquirir itens que prejudiquem a sua construção.

Ao comprar os materiais, é muito importante seguir aquilo que foi definido pelo arquiteto e engenheiro nos projetos. Isso garante que a obra fique dentro do orçamento e você não tenha surpresas desagradáveis.

7. Obtenha a documentação

A parte legal do planejamento consiste em cumprir com as obrigações jurídicas para conseguir a aprovação e a formalização do projeto, a fim de conseguir construir o imóvel.

É nesse momento que você deverá obter licenças e alvarás da obra, de acordo com as normas e exigências dos órgãos municipais competentes.

Nessa fase, também é necessário realizar o pagamento das taxas e emolumentos legais, além de apresentar os dados da documentação jurídica e cadastral do terreno.

Os contratos devem ser feitos de acordo com a legislação vigente e da forma que o órgão fiscalizador responsável exigir.

8. Defina um cronograma

Definir um cronograma é fundamental para manter a organização dos estágios e conseguir visualizar e entender os passos que precisarão ser executados. A construção da sua casa deve seguir as seguintes etapas de uma obra:

1. Fundação — etapa responsável pela sustentação. Aqui, a mão de obra deverá preparar o terreno e realizar a fundação e a construção do alicerce que servirá de base para a construção;

2. Alvenaria — consiste no levantamento das paredes, na colocação da laje e de outros pontos estruturais do imóvel;

Defina um cronograma - alvenaria

3. Laje e Telhado — conclui a parte estrutural da casa e deve ser feito de acordo com o especificado no projeto arquitetônico. Além do efeito estético, ele tem grande importância para a conservação do imóvel;

4. Elétrica e hidráulica — são etapas que exigem muitos cuidados para ficarem bem executadas. Para evitar erros e problemas posteriores, é essencial contar com profissionais capacitados;

5. Acabamento — pode ser complexo, longo e caro. Em geral, demanda muita mão de obra, pois consiste na colocação dos pisos e revestimentos, nivelamento das paredes, pintura, instalação de móveis planejados etc.

9. Esteja atento à segurança

Garantir a integridade física dos trabalhadores deve ser uma prioridade antes mesmo de iniciar a construção.

O canteiro de obras é um ambiente perigoso, e que exige muita atenção e cuidados básicos para evitar problemas futuros. Acidentes criam um clima de incerteza, além de prejudicar o trabalhador, a empresa e a equipe.

Esteja atento a segurança

Para prevenir essas ocorrências, é importante realizar um bom planejamento do canteiro de obras, pensando em todos os equipamentos que serão necessários, como EPIs e EPCs.

Também é fundamental providenciar tapumes, andaimes e telas de segurança para cercar a obra e evitar acidentes com pedestres.

Por fim, é preciso preparar um local adequado para armazenar os materiais, sempre seguindo as normas de segurança.

Planejar a construção do seu imóvel pode parecer trabalhoso, mas todas as etapas que citamos são importantes para garantir um resultado satisfatório. Um bom planejamento previne erros, garante o total aproveitamento do terreno, evita desperdício de materiais e, consequentemente, economiza dinheiro.

Gostou do nosso conteúdo e quer receber mais dicas como essas? Então, baixe gratuitamente o nosso Infográfico sobre as Etapas da Construção para saber tudo o que você precisa fazer para construir a sua casa! Até a próxima!

CTA info etapas da construção

Compartilhar:

2 Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *